Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010

...

Eu vou mesmo esquecer esta fic e comecar a postar a fic nova que tenho com a daniela. nem a comentar blogs de outras meninas eu tenho gente que tenha coriosidade em passar pelo blog? desanima qualquer um so tenho pena dakelas meninas que comentam. sao so 3.... a rita a daniela e a maria. bj  para  voces.

 

PS: Dan i, espero que estejas pronta para ver os nossos textos aki espostos amanha. bj.

MEU ESTADO: pessima
SOM: nada

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

voo da morte

 CAP- 55

 VERA- POIS É O MELHOR...
PATRÍCIA-Vá vamos antes que aquela merda feche.
TOM-Eu é que não posso ir...
ROGÉRIO- Não te preocupes  que não vamos sentir a tua falta.
TOM- E tu que não falasses...
ROGÉRIO - Sabes como é... sou assim, não há nada a fazer!
TOM-Pois, és irritante...
VERA- Calem-se... Rogério, vens connosco?
ROGÉRIO-Sim. Trás a mala do Daniel que eu já vou descendo com ele.
VERA- Mas vai devagarinho para não caírem...
PATRÍCIA- Eu vou indo com ele.
VERA- Está bem, vão descendo que eu vou só a casa de banho e já desço.
BILL- Nós também já descemos temos que ir a uns lugares..
VERA- Tá Bill ... Vemos o filme amanhã tá bem?
BILL-OK...
TOM-Queres companhia, Verinha?
VERA-  Vai com o teu irmão Tom, vai...
BILL- Tom, anda embora!
TOM- Que porra ... já vou... mas onde temos  que  ir mesmo?
BILL- Anda, Tom, não sejas chato!!! Xau Vera...
VERA- Xau Bill.Xau para ti também Tom.
O Tom vai até ao pé da Vera e da-lhe um beijo na testa...
VERA- Tás tão querido...
TOM- Tu também és querida comigo.
BILL- Vera, que fizeste ao meu irmão para ele estar a  falar-te tão bem?
VERA- Tratei-o bem, só isso!
TOM- Agora tenho mesmo que ir?
VERA- Sim Tom, vai lá, vemo-nos amanhã...
TOM- Está bem, podemos estar juntos amanhã a noite...
VERA- Hoje a noite também...
TOM - E o jantar?
VERA- Depois do jantar...
TOM- OK!
VERA- Mas é para usar preservativo Tom e para seres meiguinho...
BILL- QUÊ? VOCÊS JÁ FORAM PARA A CAMA ANTES?
VERA- Bill, não tens nada a ver com isso!

BILL- Desculpem... Tens razão.
TOM- Não te preocupes com isso, quero só passar a noite contigo, sem sexo!
VERA- Tou parva para a minha vida... Xau então!
Eu( vera )lá me despedi dos gémeos com dois beijos a cada um e fui então para a casa de banho.
...
Em 15 minutos estávamos lá,escolhemos uma mesa igual a anterior, tratamos de tudo e saímos ,ficaram de nos entregar a mesa em casa, já que estávamos na rua, decidimos ir comprar umas coisitas para nós, roupitas e tal...
PATRÍCIA- Olha estas calças, devem te ficar bem, porque não vais esperimentar?
Eram umas calças de ganga escura, justas e de cintura descida .
VERA-Deves estar a gozar comigo certo? Isso deve ser o teu número... alguma vez eu vou caber aí? Tás a alucinar de certeza...
Acabo de dizer isto e viro  costas a minha prima ,mas esbarro contra uma rapariga, a dona da loja.
 VERA-AI,desculpe, não a vi...
E fui ter com a minha prima que estava agarrada a umas calças e a olhar-me de esguelha a rir-se...
VERA-Estás a rir-te de  quê?-Digo enquanto agarro uma peça de roupa sem olhar...
PATRÍCIA-Eu Vera, eu não estou nada...
VERA- Poxa que figura.... a moça até era bem boa,e o peito dela ,tu viste? Não era giro , e o cú que ela mandava?Ai jesus... e eu piseia,só a mim...
DONA DA LOJA- Menina,-Digo enquanto  toco num dos braços de Vera.- Isso é capaz de não lhe acentar muito bem, essa cor não lhe vai favorecer em nada...
VERA-Ai Patrícia, que vergonha  ,ela ouviu o que eu disse vamos embora....- Digo emporrando-a já para a caixa...
PATRÍCIA-Vera, eu tenho duas calças na mão...
VERA- Tens?Optimo... vamos para a caixa..
PATRÍCIA-Pelo menos deixa-me lá ir por um par na prateleira.
VERA-Não tens tempo , não ves que estamos atrasadas?
PATRÍCIA- Atrasadas para quê?
VERA-Para saírmos daqui...
 DONA DA LOJA- Então, são só as calças?
VERA- E é isto também...-digo pondo a peça de roupa que tinha a pouco tirado da prateleira que com o nervosismo nem me tinha apercebido o que era.
A dona da loja não disse nada limitou-se a pegar na peça de roupa e a  esticala e a levanta-la para cima para que eu visse melhor aquilo...
VERA- A A A A ...
PATRÍCIA- CREDO... VALHA-ME NOSSA SENHORA DE FÁTIMA...São só as calças ...
Pois eu tinha pegado numas calças amarelas muito feias e cheias de flores estampadas enormes que deviam caber lá dentro umas 4 iguais a mim.
... Pagámos e saímo de lá de dentro...
VERA- Patrícia, tu nem tentes sequer dizer alguma piadinha de mau gosto ...
PATRÍCIA- Tu não compraste nada para ti...e o preço das calças, tu reparaste?
VERA-Minha querida, velá se não queres ir trocar essas calças por umas iguais as outras  que eu peguei?
PATRÍCIA-Não ,muito obrigada... vamos a outra loja então? Ainda temos que ir comprar umas cenas para fazer o jantar...
VERA- Não sei o que fazer para o jantar, mas vamos primeiro a roupa... desta vez vamos se o funcionário for um homem.
PATRÍCIA-Pois linda,assim não tens incidentes destes como a pouco, tu saíste-me cá uma tarada, isso deve-se á convivencia com certas pessoas .Vamos a está loja .
A Patrícia as vezes irrita-me, mas eu gosto dela, ela estava contente de ir estar com a mãe hoje ao jantar a rapariga entrou e andava a procura de uma camisola para oferecer a mãe... já tinha umas poucas debaixo de olho mas estava indecisa...
PATRÍCIA-Vera olha esta camisola, gostas? Vera,Vera, Vera, VERA...
VERA-Quê é,chata ?
PATRÍCIA-Porra gaja estás surda ou quê?Que camisola levo para a minha mãe?
VERA-Sei lá, e que calças levo eu para mim?
PATRÍCIA-Sei lá, desde que não  vistas nenhuma das minhas...
VERA-E serviam-me nas orelhas , não era?!- Digo  a sorrir-lhe.
PATRÍCIA-Por isso mesmo, não te vão servir nunca, és muito gorda...
A Patrícia comecou-se a rir e eu dei-lhe uma pancada nas costas que a rapariga até mandou com a cara numa prateleira, o que fez com que eu me ri-se agora eu, quem não achou muita piada foi o funcionário da  loja que já se estava a dirigir para perto de nós.
PATRÍCIA-Merda Vera, aleijaste-me...e ainda por cima o homenzinho está a vir para aqui..
VERA- Vá escolhe lá a camisola que eu levo estas calças...
PATRÍCIA- Mostra lá, para eu ver não são como as da  outra loja...
VERA- São giras !-Digo a sorrir e levantando as calças para ela ver.
FUNCIONÁRIO- Então , está tudo bem?
VERA- Boa tarde ,é esta camisola e estas calças .
Saímos da loja e fomos para o supermercado comprar algumas coisas não demorámos muito em dez minutos estavámos despachadas e fomos para casa já lá estava a carrinha para entregar a mesa... levaram a mesa lá para cima e eu fui preparar  o jantar, a Patrícia lá foi dar banho ao Daniel muito contrariada mas foi ,ela tem medo de o deixar afogar, é tola...

MEU ESTADO: SONO
SOM: TRANCE

Quinta-feira, 15 de Abril de 2010

Pedido

Só mais uma coisita...tenho uma leitora nova,a Rita, da-me o endereço do teu blog para eu ir visitar...e a todas as outras,muito obrigada a wuem tem comentado...são sempre muito queridas...eu nem empre comento os d todas porque não consigo...eu ando  a comentar pelos wue mecomentam o meu,tipo,um comentário no meu blog, uma visita no vosso...entendem?Só depois se tiver tempo vou ver os das outras...porque tem blogs em que eu deixo comentários e as pessoas não se dão ao trabalho de vir ao meu e depois dizem que não tiveram tempo...mas comentam os de outras...a minha escrita não agrada a todos...mas a muita que não me agrada a mim e eu digo,façam como eu,lol...kuss a todas


Cap:54

Eu a postar caps grandes e tão rápido?

pois é,eutou a despachar isto ,esta fic vai ficarinacabada daki  a 2 caps ou seja...o bill n vai mesmo ter festa....desculpa lá danyelakaulitz

CAP-54

 

PATRÍCIA-Pois Bill, da outra vez apanhas-te cá um susto...-Fiz-lhe um pequeno sorriso.
BILL-Nem digas nada, menina do Bill...-Retribui-lhe também um sorriso.
PATRÍCIA- Mas eu não tive culpa nenhuma, tu é que ficaste com calor!
TOM- O meu irmão nem é muito calorento, não tou a perceber isso!-Digo com uma cara de quem não está a perceber nada.
PATRÍCIA- Quê?
TOM- É isso, ele deve ter ficado com os calores de estar ao pé de ti.
ROGÉRIO- MENINO TOM NÃO TE ESTIQUES AO OSSO!!!
TOM- Vera,  agora não fui eu que me meti com o teu primo!-Digo fazendo cara de anjinho e indo-me sentar no sofá em que ela estava agarrada ao Rogério, pus as mãos nos ombros dele e leveio até ao sofá  onde estáva o Bill  e a Patrícia sentados.
 VERA- Poupem-me...
TOM-Bem Rogério ,ficas aqui ao pé do meu irmão que ele gosta muito de crianças.
O Rogério ,nem teve tempo tempo de reclamar,foi tudo tão rápido,o Bill ainda lhe sorrio ,mas o Rogério  virou-lhe a cara, o Bill olhou para a Patrícia e encolheu os ombros , e a coitada da Patrícia, passou a mão pela cara de Bill na tentativa de  o animar.
BILL- Não foi nada disso, deve ter sido do ar condicionado.
PATRÍCIA- Pois ,devia estar estragado.-Digo a conter-me para não soltar uma gargalhada  para que Bill não percebesse que eu tinha feito de propósito.
BILL- Estragado? Deve ser deve...-Digo-lhe fazendo uma careta.
PATRÍCIA-Que estás a querer insinuar ?-Eu já estava a ficar sem desculpas para lhe dar e por isso ezaltei-me um pouco.
BILL- Deves ter feito de prepósito para me poderes ver sem roupa.-Digo encarando a Patrícia que já começava a ficar vermelha de vergonha.
TOM- Até parece, o meu corpo é bem melhor, e no quarto da Vera não se passou nada de estranho com o ar condicionado.
PATRÍCIA- Secalhar ,porque tinhas lá o Rogério no quarto!
ROGÉRIO- Deve ter sido isso."também era o que faltava fazerem alguma coisa comigo lá."
PATRÍCIA-Bill, já lavas-te a cabeça com o champô que a Vera te deu?
BILL- Não. Mas porquê?-Digo confuso.
PATRÍCIA- Os piolhos devem te estar a morder , pois estás a ficar muito stressadinho para o meu gosto...-Digo já lhe virando a cara e bocejando sem querer.
BILL- Desculpa ...-Digo a olhar  o chão.
TOM-Porra Bill  até fizeste a moça começar a chorar, e eu não a quero ver chorar que se não ainda acontesse o que aconteceu  da outra vez  quando nós no...
Tom foi interropido por um salto da Patrícia para o seu colo.
TOM-Então linda, que se passa?- digo abracando-a, ela também logo me abraçou.
PATRÍCIA-Não contes nada, não quero magoar a minha prima,e não vai voltar a acontecer aquilo da casa de banho ,tu sabes. Eu não estou a chorar, veem-me as lágrimas aos olhos quando  bocejo ,só isso.-Digo baixo ao seu ouvido e abraçada ao Tom .
VERA- Vamos mas é ver o filme, antes que fique na hora de  vir a tua mãe.-Digo tentando normalizar o ambiente que estava na sala , e tentando fazer a Patrícia sair do colo do Tom olhando-a.
VERA-Já saias de cima do Tom ,não?-Digo em português.
A Patrícia percebendo a minha dica saíu logo do colo de Tom , passou por mim e fez-me um (RUM RUM)que é uma brincadeira um pouco estranha que nós costumamos fazer, de vez em quando parecemos duas gatinhas a dar turrinhas uma a outra.
PATRÍCIA- RumRum-Digo  a meter-me com  a Vera.-Pois é melhor , deixa-me só ir a casa de banho..
TOM- Não te demores.
Passado 2 minutos a Patrícia estava de volta... Mas foi logo surpreendida por um grito do Tom.
TOM- PATRÍCIA APANHA...- Digo mandando-lhe uma almofada  na direcção dela.
PATRÍCIA- CUID.......
T      R      Á       S     S     S    S
VERA-  Ai Tom eu não acredito ... tu partiste-me a mesa ...
TOM-Que merda men...
BILL- Só fazes merda Tom....
ROGÉRIO- E ainda por cima a uma hora destas, não temos tempo de ir comprar uma mesa nova agora...
PATRÍCIA- Bonito....
TOM- Eu pago não se preocupem....
PATRÍCIA- Nós não estamos preocupados, vais pagar mesmo!!!
 TOM- Então e o filme?
ROGÉRIO - O FILME QUE SE FODA... AGORA TEMOS QUE SAIR PARA IRMOS COMPRAR A MESA...

MEU ESTADO: nem sei
SOM: nada

Quarta-feira, 14 de Abril de 2010

CAP:52 E 53

CAP:52

 

O Tom estava com um fato de mergulho  e com os óculos também , e como vocês sabem os fatos de mergulho são muito justos.
TOM- Não gozes ...
PATRÍCIA-Estás tão cómico...
TOM- Pois,  mas eu não tenho o dever de ficar a tomar conta dele, eu não sou o pai dele...
PATRÍCIA-Talvez tivesse mais sorte se fosses tu o pai...
TOM- Que queres tu dizer com isso?
VERA- O que ela quer dizer, é que o pai que ele tem não presta para  nada, e que não quer saber dele para  merda nenhuma...
TOM-O.O Desculpa não sabia.- Digo baixando o olhar  até ao chão...
PATRÍCIA- Deixa lá, viemos buscar o Daniel .
TOM-Já?
PATRÍCIA-Sim ,vamos almoçar.
TOM- Podemos ir com vocês?
VERA- Sim ,temos é que  ir buscar o Rogério.
TOM- Ai esse é que não...
PATRÍCIA- Porquê?
TOM- Ele não me grama.
VERA- Que exagero. Toma o champô para os piolhos do Bill.
TOM- Obrigado, vão lá vocês ... xau
VERA- Dá-me cá o meu filho.
 O Tom lá me deu o menino e  eu fui embora com a Patrícia e o Daniel.
Já  na casa do Rogério, ele vem a janela...
ROGÉRIO- OLÁ MENINAS EU JÁ DESÇO...
VERA-OK ,MAS DESPACHA-TE QUE EU TOU A FICAR COM FOME...
Rogério lá foi para dentro e ao fim de minutos desceu...
ROGÉRIO-Pronto já aqui estou ,podemos ir embora.
E foram até a casa para almoçar...
ROGÉRIO- Então vamos por a mesa  Patrícia?
PATRÍCIA-Vai indo que eu já vou.
ROGÉRIO- Tou a ver que vou ter que por tudo sozinho....
VERA-Patrícia, vai lá ajudar o teu primo, que se não vens cá tu fazer o almoço.
PATRÍCIA- OK , Rogério , já tou a ir.
VERA- És muito tola.
PATRÍCIA-Eu sou é muito esperta , isso dá muito trabalho.
Eles tinham acabado de por a mesa a Patrícia chega-se ao pé de mim.
PATRÍCIA-Vera , depois do almoço  podemos ir ao hotel buscar as nossas coisas e depois ir chamar os manos para virem até cá a casa  ver um filme  ou outra coisa qualquer?
VERA- hum...-Olho-a  com a sombrancelha  franzida.
PATRÍCIA-Podem? va-lá....sim sim sim.
ROGÉRIO-Quando vai ser isso?
VERA- Porquê?
ROGÉRIO-Para eu já não estar cá!!!
VERA- PÁRA COM ISSO... NÃO SEI QUE TENS TU CONTRA O TOM...
 PATRÍCIA- NEM ELE...
ROGÉRIO- PAREM COM ISSO.
VERA- OK . Venham para a mesa que o comer está pronto.
Sentaram-se almoçaram em silêncio e depois  arrumaram a cozinha e saíram para irem, para o Hotel.
PATRÍCIA-Podemos chamá-los?
ROGÉRIO-Vera...
PATRÍCIA- Rogério...
ROGÉRIO- OK OK ,mas se ele me chatear dou-lhe um soco...
PATRÍCIA- Como se conseguisses lhe chegar .-Digo baixo.
VERA- Só se subisse para cima de um banco.- Digo também eu baixo de modo a  só a Patrícia ouvir e ficamo-nos a rir .
ROGÉRIO- OK,tipo, agora fiquei a apanhar do ar...

 

MAIS UM  CAPÍTULO......NÃO CONSIGO DORMIR....HUNF

CAP:53

 

VERA- Não ligues Gégé.A Patrícia é tola.
PATRÍCIA- Tens cá uma lata , até parece que ficaste calada.
ROGÉRIO- Vá, vamos lá então. 
Fomos então para o hotel. O Rogério  ficou a tomar conta do Daniel enquanto nós fazíamos as malas.
ROGÉRIO-  Vá , já estão despachadas então vamos lá chamar os Kaulitz.
Entretanto no quarto dos gémeos.
BILL- Deixa- te tar que eu vou lá abrir.
VERA- Olá Bill , olha viemos cá para vos perguntar se queriam vir até a minha casa ,é que nos vamos  hoje sair do Hotel.
BILL-Sim podemos ir.É muito longe?
VERA-Não.
BILL- Tom anda até a casa da Vera.
TOM- Agora?
VERA- Se não quiseres podes ficar aí...
TOM- E deixar que o  Bill se babe para cima de ti? Nem pensar...
VERA- Não tens imenda Tom...
BILL-Não tem mesmo.  Não se contenta de gostar da Patrícia  também te quer a ti... pelo menos  podia me deixar ficar contigo.Digo olhando o Tom pelo canto do olho.
VERA-Quê?
BILL-Nada , não disse nada...-Digo tentando enganar a Vera.
TOM - Pimba Billy,foste apanhado.
BILL- Mais uma graçinha e vais te arrepender.- Digo fazendo um olhar  assassino enquanto empurrei o Tom ao passar para perto da porta
TOM- E esse puto também vem ?-Digo  pondo o dedo indicador na testa do Rogério.
ROGÉRIO - AI PÁ EU AVISEI PATRÍCIA EU AVISEI.-Digo ,e sacudo-lhe a mão de Tom de cima de mim.
VERA- Vá  Tom, não trates assim o meu primo, vamos lá embora.-Pedindo-lhe ao mesmo que revirava os olhos.
Fomos então para  casa mas antes passámos pelo  video clube para levar um DVD  para vermos. Alugámos um de terror... Já em casa...
ROGÉRIO- Patrícia, a que horas ficou a tua mãe de vir jantar?-Digo já pondo os braços a volta dela.
PATRÍCIA- Perto das 19.30!-Digo agora também eu a por os meus braços em volta dele.
VERA-Ainda temos tempo para ver o filme e estar aqui um bocado na converça...
TOM- Boa ,vou conhecer a minha sogrinha...-Digo esfregando as mãos e em seguida batendo pequenas palminhas.
VERA- Cala-te Tom, eu que sou a sobrinha ela não gosta muito de mim , ia la gostar de ti porque?-Digo um pouco aborrecida com o comentário que tinha acabado de ouvir por parte de Tom.
PATRÍCIA- Não exageres...-Disse a olhar  para Vera com um olhar reprovador.
VERA- Vamos lá por o DVD.
PATRÍCIA- Quero todos calados!
BILL- Eu nem vou abrir a boca...

MEU ESTADO: SEM SONO
SOM: NADA

Terça-feira, 13 de Abril de 2010

cap:51

People,desculpem a demora ...hoje actualizo-me de todos os blogs...

comentem please...

kuss

CAP:51 

 

TOM-Oh mano... Estás nu porquê?
BILL-Oh Tom, poupa-me! Deixa-me mas é ir vestir!
O Bill foi para a casa de banho para se vestir.
Entretanto no quarto da Vera e da Patrícia...
VERA-Oh Patrícia, o que se passou no quarto para o Bill estar nu?
PATRÍCIA-Nada, esquece!
VERA-Não me digas que ele ficou com os calores...
PATRÍCIA- Por acaso até foi! Vai mas é arranjar a mala do Daniel para o irmos levar á ama...
VERA-Vamos mas é perguntar ao Bill se ele pode ficar com o Daniel por um bocado!
PATRÍCIA-Não pode ser ao Tom?
VERA-Não que o Tom disse que tinha de fazer umas coisas!
PATRÍCIA-Tipo quê?
VERA-Tipo comer-te!
PATRÍCIA-Ok! O Bill fica com ele!
E foram levar o menino aos gémeos!
Saíram do hotel e foram para a casa da Vera...

Já na casa da Vera...
PATRÍCIA-Olha, vamos lá pôr os móveis no sítio!
Ao fim de duas horas já tinhamos posto tudo no sítio.
VERA-Uff... Já tou estafada!
PATRÍCIA-Vamos buscar o Daniel, para irmos almoçar...
VERA-Vamos buscar também o Gégé!
Entretanto no hotel, á porta do quarto dos gémeos...
A Patrícia bate a porta e é o Tom que vem abrir.
PATRÍCIA- Tom credo que tens tu vestido?

MEU ESTADO: esaurida com o sapo
SOM: alicia keys-no one

Terça-feira, 30 de Março de 2010

CAPÍTULO 50

Minhas queridas leitoras,eu peco desculpa de andar tão desaparecida....eu nem sempre comento ou leio todosos blogs sou sincera ,seria mais fácil de comentar por ordem de comentários que chegam  ao meu blog...mas parece que tá muito complicado...eu tou a pensar comecar apostar uma nova fic com uma amiga mas queria todas as minhas leitoras de volta...é uma fic  forte....e gostaríamos de ter as varias critícas...

enjoy...

CAP 50

No quarto onde estavam a Patrícia e o Bill...
PATRÍCIA- Bom dia!
BILL-Bom dia, dormis-te bem?
PATRÍCIA- Ya... Tenho de ir á casa de banho!- digo enquanto me levanto.
BILL- o.o... Patrícia, estás sem camisola...
PATRÍCIA- SHREI!!! -Digo enquanto puxo  uma manta  da cama para me tapar...
BILL-Ahhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!
PATRÍCIA-Tás a gritar porquê? Pareces parvo!
BILL-Disses-te para eu gritar!
PATRÍCIA-És mesmo burro! É uma expressão que eu uso com a Vera!
BILL-Ok, são muito estranhas!
PATRÍCIA-Bill, estás só em boxers...
BILL-SHREI!!!-digo enquanto puxo a manta da Patrícia...
PATRÍCIA-Ah? Porquê?
BILL-Nada...
PATRÍCIA-Alemão dum raio...tem a mania que tem piada...- Digo em português...
BILL-quê?
PATRÍCIA-DÁ-ME A MERDA DA MANTA!
BILL-Ok, ok!
PATRÍCIA-Eu vou-me é vestir...
Enquanto a Patrícia se vai vestir o Bill aproveita para se vestir também tinha acabado de tirar os boxers quando a Patrícia  sai da casa de banho...
PATRÍCIA-Bill....
BILL- PATRÍCIA  VIRA-TE DE COSTAS ...
PATRÍCIA- Eu vou é por-me no caralho....
A Patrícia vai para se ir embora mas a porta abre-se fazendo com que a Patrícia caia sobre o  Bill...
PATRÍCIA-Ai  desculpa Bill
BILL- DESCULPO A  MERDA, SAI MAS É DE CIMA DE MIM  QUE ATÉ ME ARRASCAS-TE UNS POUCOS DE PINTELHOS...
A Vera e o Tom que estavam a porta desataram a rir...
VERA-Vez Tom, eu bem te disse  que não deviamos ter vindo...
TOM-Pois ... oh maninho  desculpa lá ter vindo empatar a foda...
PATRÍCIA-A QUÊ?
VERA- Deixa lá Patrícia, nos vamos já embora, mas não demorem que ainda temos que ir  tratar de  limpar a casa...
PATRÍCIA- TU NÃO COMECES SUA GALIOTA DE MEIA TIGELA.-Digo em português deixando o Bill e o Tom sem qualquer expressão.
VERA- Vens?
PATRÍCIA-Não,vou ficar  aqui.
VERA-ok, xau então...
PATRÍCIA-Porra Vera, és mesmo burra, eu saio  contigo.
VERA-ai vens?
PATRÍCIA- Vera ,Vera....
VERA- Ok , não digo mais nada.


Domingo, 24 de Janeiro de 2010

VOO DA MORTE

 

 

       CAPÍTULO FRESKINHO

CAP:49

 

 

 TOM-HEY HEY HEY HEY ,onde é que vais com a cabeça?
VERA-Ai,  desculpa...
TOM-"ai desculpa"... estás a armar-te em educada agora?
VERA-Cala-te Tom do caralho...
TOM-Foi 
po caralho que foste foi...
VERA-Tens cá uma graça, tens tens...
TOM- Que foste aí fazer?
VERA- Tirar as meias Tom , que achas que eu queria fazer ?
TOM- Lá sei, tu não  bates muito bem da  pinha!
VERA-Isso querias tu...
TOM-Não me importava nada, se quiseres estás a vontade... não tenhas vergonha...- Digo passando-lhe a mão  na perna.
VERA-Para  com isso Tom,  escusas de estar a passar a mão na minha perna...
TOM- Porquê? Não gostas?
VERA-É bom parares com isso , estou-te a avisar, ainda vais dormir para o corredor ...
TOM- É pá ,isso é que não, não quero ficar com os tomyzinhos mortos...
VERA-ÉS MESMO PORCO TOM!!!!!
TOM-Já tiras-te as meias?
VERA-Oh Tom, já tirei ao tempo...
TOM-Então tapa-me tou a ficar gelado...
VERA- Tapa-te tu estúpido... deves pensar que sou a D. Simone...
TOM-Que  má...
VERA-  Sou pior na cama...
TOM-Hoje só fomos  para  a  banheira...
VERA- Cala-te, que se não amanhã faço queixa na policia...
TOM- Porquê? Até parece que te violei...
VERA- Por acaso...
TOM-Vamos dormir, que amanhã tenho muita coisa para fazer.
VERA-Tipo quê?
TOM-Tipo, comer a tua prima...
VERA-Boa noite Tom...
TOM-Tava a brincar... não ficas-te chateada pois não?
VERA-Até ficava, se tu fizesses o género dela...
TOM- Toda a gente muda de opinião...
VERA- Pois Tom, deve ser mesmo isso...
TOM- Não acreditas?.
VERA- Acredito Tom, acredito... tipo contigo deve de ser assim: hoje é um preservativo de morango, amanhã um de chocolate... -Digo a rir-me!
TOM- Maluca...
VERA- Estou com sono... -Digo fazendo beicinho!
TOM- Oh, coisa mais fofa... Então vá vamos dormir!
VERA- Xau, boa noite!
TOM- Coitada da Patrícia que te atura todos os dias!
VERA- Até parece...
Viramo-nos cada um para o  seu lado e fomos dormir...

 


Sexta-feira, 6 de Novembro de 2009

VOO DA MORTE

 VOO DA MORTE  CAP:48

 

TOM-Será que posso dormir aqui?
VERA-Porquê?
TOM-É que o Bill está na cama com a tua prima.
VERA-Eles estão a fazer alguma coisa?
TOM-Não, mas podem acordar com vontade,já estão nús e tudo.
VERA-Não há duas camas no quarto?
TOM-Aqui também!Posso?
VERA-Não.
TOM-Porquê?
VERA-A Patrícia não ia gostar e sentir o teu cheiro na cama dela!
TOM-Então durmo na tua cama contigo...
VERA-Vai-te embora Tom...-digo olhando-o triste e friamente ao mesmo tempo.
TOM-Vais-me fazer dormir no corredor?
A Vera não lhe respondeu, limitou-se a abrir a porta, pô-lo lá fora e fechar a porta!
VERA-Que estúpido, tem cá uma lata... Vou é deitar-me!
Deitei-me mas ao fim de meia hora ainda não tinha conseguido adormecer...
VERA-Que merda de coração que eu tenho... Não o posso deixar dormir lá fora!
Saí da cama e fui até á porta e abri, e não acendi a luz...
VERA-Tom, entra! Mas dormes na cama da Patrícia!
TOM-OK...
VERA-Vai-te deitar...-Digo indo para perto da cama dela para lhe pôr lá uma almofada  e desviar os cobertores .Só que...
VERA-Merda Tom, sai-me da frente.- Digo com a mão na cabeça... tinha mandado com a cabeça no cotovelo do Tom quando me estava a levantar.
TOM-Desculpa!
VERA- Vá agora tira a roupa e deita-te, deixa-me dormir que amanha tenho  que acordar cedo!
TOM- Já tirei!-Digo pegando-lhe na mão e colocando-a no meu peito...
VERA-Pára Tom...
O Tom estava a aproximar-se de mim cada vez mais...
TOM-Queres que  pare?
VERA- Á bocado magoaste-me,não quero mais!-Digo a chorar.
TOM-Desculpa,não chores.-Digo abraçando-a.
VERA-Larga-me!
TOM-Desculpas?
VERA-Sim,mas agora larga-me...
O Tom afastou-se deitando-se.
TOM-Boa noite, pequenina do Tom!-Digo em alemão.
VERA-Que disses-te?-Digo confusa.
TOM-Nada de mais, disse só, para teres uma boa noite, pequenina do Tom!
VERA-Como sabes disso?
TOM-Boa noite, Vera!-Digo beijando-lhe a testa.
VERA-Ok, boa noite!
TOM-OK.
VERA-Era só o que faltava, tou cheia de frio, vou-me deitar.
Ao fim de 10 minutos eu ainda não conseguia dormir com o frio...
VERA-Tom, tás acordado?
TOM-Sim, o que queres?
VERA-Tenho frio, tu não tens?
TOM-Não! Mas queres alguns cobertores dos meus?
VERA-Depois ficas tu com frio...
TOM-Queres?
VERA-Posso ir aí para a tua cama?
TOM-Anda...
VERA-Vou já!
Saio da cama para me ir deitar com o Tom... Entra na cama.
TOM-Irra Vera, estás gelada!
VERA-Como consegues dormir assim tão despido e estares tão quente?
TOM-Não sei...
VERA-Deixa-me encostar a ti...
TOM-Nem penses, não quero morrer congelado!
VERA-Obrigada, Tom!-Digo enquanto me viro de costas para ele...
TOM-Estás a tremer mulher.
VERA-A sério, Tom? Ainda não tinha reparado!-Digo num tom de ironia...
TOM-Vá anda cá que eu abraço-te para ver se aqueces!
VERA-Obrigada.-Digo virando-me para ele ao mesmo tempo que ele se vira para mim.
TOM-Estás mesmo fria, linda...
VERA-Não me tentes seduzir!
TOM-Não estou... Estou só a ser simpático.
VERA-Vou me virar para o outro lado para poder dormir.
TOM- Está bem  pequenina do tom...
VERA-Boa noite, mein sex gott...
Ao fim de  minutos já estava quente.
TOM-Já estás quentinha.
VERA-Pois já.
TOM-Queres que vá para a outra cama?
VERA- Não , fica aqui comigo.
TOM-Estás a habituar-te mal.
VERA-Tou nada.
Passado uns minutos eu desci com o corpo para debaixo dos cobertores para ver se conseguia tirar as minhas meias, só que bati com a boca numa coisa...

 

 

 

PS:Entao pessoal?ta grandito o sufciente

MEU ESTADO:

Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

cap:47

Cap:47

 

Entretanto no outro quarto.
BILL-Importas-te que tire a camisola?
PATRÍCIA-Tira as calças também.
BILL-Se eu adormecer ,tapas-me com a manta?
PATRÍCIA-Sim.
O Bill tira então a roupa e  volta a deitar-se  na cama.Coitadinho ainda estáva com calor.Ocancaço ja se comecava a apoderar do corpo do moreno,passado 10 minutos estava já a dormir.
PATRÍCIA-Coitado, adormeceu.Também estou com calor e ele já está a dormir vou tirar também a camisola.
A Patrícia acabou por se  tapar e ao Bill também,deitou a cabeça no peito de Bill acabando por adormecer.
...No outro quarto.
VERA-Tom ,é melhor ires te embora, vemos o filme noutro dia.-Digo saíndo da banheira.
TOM-Sim ,é melhor.
VERA-Isto não devia ter acontecido.
TOM-Não digas isso.
VERA-Não digo porquê?
TOM-Ambos queríamos.
VERA-Eu não queria que tivesses sido tão bruto.
TOM-Agora já está, não te armes em santa.
VERA-Vai apanhar no cú.-Digo furiosa e já quase vestida.
TOM-No cú apanhas-te tu.-Digo a rir-me.
VERA-SAI DAQUI TOM,NÃO ME VOLTES A FALAR!!!
TOM-XAU,Agora que te comi ,já posso ir.
O Tom saiu do quarto da Vera para ir opara o seu,ao chegar ao quarto abre a porta.
TOM-Bem,era só o que faltava.Agora onde é que eu vou dormir!?Já sei...

 

MEU ESTADO: xantagiada

.

.

.bora conhecer-me


. kuskisse

. ????aAMIZADE???

. 8 seguidores

.###PESQUISA###

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.ultimas notícias

. ...

. voo da morte

. Pedido

. Cap:54

. CAP:52 E 53

. cap:51

. CAPÍTULO 50

. VOO DA MORTE

. VOO DA MORTE

. cap:47

.arquivos

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.

SAPO Blogs

.subscrever feeds